Paramédico sofre infarto e se leva para o hospital de ambulância

Do UOL, em São Paulo

O australiano David Watson, 52 anos, deve ser muito bom naquilo que faz. Ele trabalha no interior da Austrália como paramédico, no serviço de emergência. No entanto, recentemente, ele salvou, talvez, a vida mais importante da carreira: sua própria.

Watson estava se aquecendo para fazer alguns exercícios na pequena cidade de Casterton, onde mora, quando começou a sentir dores no peito e formigamento nos dois braços. Na hora, percebeu que estava sofrendo um infarto.

O paramédico entrou na ambulância que dirige e ligou o monitor cardíaco em si próprio. Sua suspeita estava certa. O australiano, então, deu partida na ambulância e, mesmo infartando, conseguiu dirigir até o hospital da cidade. Lá, recebeu os primeiros tratamentos e foi transferido para um local maior, em Geelong.

"Um médico me disse que é incrível que estou vivo, porque eu tinha um coágulo em uma das maiores artérias coronárias. O infarto que sofri foi bem grande", contou, segundo o jornal inglês "Guardian".

Watson se recupera bem do susto e deve ficar afastado do trabalho por dois meses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos