Mulher diz ser Deus e se muda para mansão que "os anjos compraram para ela"

Do UOL, em São Paulo

  • Polícia do Condado de Brevard

    Imagem de Franchesca Pacheco divulgada pela polícia

    Imagem de Franchesca Pacheco divulgada pela polícia

Uma mulher invadiu uma mansão em Melbourne Beach, na Flórida (EUA), aproveitando que os donos do imóvel estavam fora. No entanto, quando foi presa pela polícia, Franchesca Pacheco afirmou que era Deus e que anjos haviam comprado a propriedade para ela.

Pacheco também entrou em confronto com o policial que a deteve, o arranhando e o chutando, de acordo com informações da polícia. A mulher foi presa por invadir uma propriedade, por roubo de carro, por agredir um policial e por resistir a prisão.

Aliás, foi Pacheco quem chamou a polícia. Ela afirmou que teve sua habilitação roubada e que queria registrar um boletim de ocorrência. Foi aí que o policial desconfiou da mulher e descobriu a invasão.

"Ela começou a falar que era Deus e que anjos haviam comprado a mansão e seu veículo", disse o chefe de polícia de Melbourne Beach, Dan Duncan, ao canal de TV News 6.

Segundo o policial, Pacheco havia invadido a casa alguns dias antes e estava usando o veículo que estava na propriedade. Mesmo com a mulher na mansão, serviços como o de limpeza da piscina e de corte de grama continuavam a serem feitos na propriedade.

Pacheco foi levada a um hospital para passar por avaliação clínica antes de ser presa.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos