Tricô é o novo passatempo em Nova York. Entre os homens!

Da Redação

O Editor do UOL Tablóide alerta: essa notícia contém elevados níveis de testosterona. Feita a advertência, vamos aos fatos: em Nova York, o novo passatempo dos homens é tricotar.

Reuters 
Entre uma cerveja e outra, homens fazem tricô
A loja Knit New York, em Manhattan, tenta mexer os pauzinhos para combater o estereótipo de que tricotar é um hobby meramente feminino. "Você é forte o bastante para tricotar e homem o suficiente para fazer crochê?", pergunta um anúncio da Boyz Nite no site da loja.

A loja atrai dezenas de homens para sua noitada semanal, às sextas, onde novatos e veteranos na arte de ligar os pontos se reúnem para trocar dicas sobre cerveja e hot dogs. E não é só isso. Outra diversão da rapaziada que freqüenta o local é conhecer as novidades do mundo dos cosméticos, como amostras hidratante de abacate oferecido por um vendedor.

"Acredite, nós adoramos mulheres", disse o gerente da loja Josh Bennett. "Mas é a mesma coisa de quando os rapazes se juntam para assistir a um jogo de futebol, eles têm tudo aquilo em comum, então há excitação. Depois de uma longa semana, você pode vir e trabalhar em seu projeto, tomar algumas cervejas e se divertir", completa Josh.

Os freqüentadores do local afirmam que o tricô, além de ajudar a relaxar e a pensar na morte da bezerra, também ajuda a impressionar a mulherada. Michael Rasmussen, que trabalha com marketing na Internet, confessou que a mãe e a avó riram quando ele lhes contou seu novo hobby. "Elas não sabem tricotar, então acho que isso as impressionou", disse. Como diria a avó do Editor do UOL Tablóide, tem gente que não dá ponto sem nó.

Fonte: Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos