Prostitutas roubam postes de trânsito para performances de pole dance na Nova Zelândia

Do UOL, em São Paulo

  • Jason Lee/Reuters

    Pole dance já até ganhou um campeonato

    Pole dance já até ganhou um campeonato

Uma cidade neozelandesa está sofrendo uma onda de furtos a postes de placas de trânsito. Segundo a polícia, os suspeitos, ou melhor, suspeitas, são as prostitutas do local que usam os postes em performances de pole dances.

Nos últimos 18 meses, mais de 40 postes foram roubados ou quebrados em Auckland. A prefeitura da cidade estima que a reposição dessas placas irá custar milhares de dólares aos cofres públicos.

Os moradores da cidade reclamam que incidentes com prostitutas aumentaram ultimamente. Em um dos casos mais graves, um travesti destruiu o para-brisas de um carro com um carrinho de supermercado.

Outro incidente frequentemente descrito é o caso de um travesti que trocou de vestido em frente a um ônibus cheio de crianças. 

A Nova Zelândia tem uma das leis mais liberais do mundo em relação à prostituição, que foi descriminalizada em 2003 pelo governo. (Com Telegraph)

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos