Mulher nua é presa nos EUA por dirigir bêbada. É o "Born to be Wild" da vida real

Fabrício Calado

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/The News Herald

    Nua, bêbada e correndo. O que poderia dar errado?

    Nua, bêbada e correndo. O que poderia dar errado?

No pior estilo "Toda nudez será castigada", uma mulher foi condenada a prisão nos EUA por dirigir nua, bêbada e em alta velocidade

Após uma perseguição frenética, Erin Holwdsworth, 29, foi detida e multada pela polícia na região de Geauga, Estado americano de Ohio. Ao ser levada, ela ainda tentou destruir o carro de polícia, sem sucesso. Ela ficou presa até janeiro deste ano, quando pagou fiança e se comprometeu a se apresentar às autoridades de lá para responder a processo. 

Isso foi em outubro de 2011. Em julho, quando Erin compareceu à Justiça, a situação piorou, quando exames detectaram que ela tinha usado maconha. Na quinta-feira (13), saiu a sentença da mulher-furacão: pelo menos 10 meses atrás das grades, e multa de US# 525.

Velocidade, baixaria e quebra-quebra: Tarantino curtiria isso

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos