Topo

Porco fugitivo adotado treina bombeiros britânicos para resgatarem animais em fuga

O "porco-bombeiro", Dominic, se tornou o mascote da brigada de incêndio há cerca de um ano - Reprodução/Mail Online
O "porco-bombeiro", Dominic, se tornou o mascote da brigada de incêndio há cerca de um ano Imagem: Reprodução/Mail Online

Do UOL, em São Paulo

27/02/2013 06h00

Um novo recruta integra a equipe do serviço de Incêndio e Salvamento de Avon, em Bristol, na Inglaterra.

Apelidado de "porco-bombeiro", Dominic, que pesa 90 kg, se tornou o mascote da brigada de incêndio há cerca de um ano, quando seu dono idoso morreu, segundo o jornal britânico Mail Online.

Primeiramente, Dominic foi levado para um centro de reabilitação de cavalos, até que após diversas tentativas de fuga, seus cuidadores perceberam que seu "defeito" poderia ser utilizado para o bem: Dominic foi indicado para o Corpo de Bombeiros da cidade para ajudar no treinamento do resgate de animais em fuga, sem os assustar.

“A maioria dos bombeiros nunca teve contato com animais antes, não têm ideia de como lidar com eles”, explicou Dawn Watkins, o responsável pelo curso.

Então com 18 meses de idade --e ainda crescendo-- o atrevido porquinho (ou seria porcão!?!) faz questão de tornar o treinamento dos bombeiros bem difícil.

Após um dia inteiro de perseguição em terreno lamacento, os bombeiros ficam totalmente aptos a lidar com animais fugitivos.

Mais Tabloide