Topo

Prefeitura pede demolição de "casa hobbit" no País de Gales

"Há uma diferença entre uma casa de baixo impacto escondido da vista e um bloco de apartamentos ou um matadouro surgindo sem permissão." - Reprodução/Mail Online
"Há uma diferença entre uma casa de baixo impacto escondido da vista e um bloco de apartamentos ou um matadouro surgindo sem permissão." Imagem: Reprodução/Mail Online

Do UOL, em São Paulo

27/03/2013 12h13

Uma casa ecologicamente correta que se assemelha ao tipo de construção dos "hobbits" do filme "O Senhor dos Anéis" tem chamado a atenção não só por ser inusitada, mas porque seus proprietários têm lutado para que ela não seja demolida, no País de Gales.

O casal Charlie Haia e Megan Williams passou quatro anos vivendo em um trailer até descobrirem que teriam um filho. Desesperados por uma casa, construíram em menos de um ano, com a ajuda de amigos, a casa de campo de um quarto no terreno dos pais de Haia.

Você já viu construções como estas?
Você já viu construções como estas?
$escape.getHash()uolbr_tagAlbumEmbed('tagalbum','62528', '')

Feita de madeira e palha do próprio terreno, a casa custou cerca de 15 mil libras (R$ 45 mil), segundo reportagem do jornal britânico Daily Mail.

No entanto, meses após a família se instalar, a prefeitura da cidade pediu que a casa fosse demolida, alegando que a construção foi feita sem permissão e que é "prejudicial para o caráter rural da localidade".

O casal reconhece que construiu a casa sem a permissão de planejamento. "Mas nós construímos a nossa casa no fundo de um vale, onde ninguém possa vê-la. Ela não está prejudicando ninguém, e nós construímos com materiais os mais naturais possíveis", disse Haia. "Há uma diferença entre uma casa de baixo impacto escondido da vista e um bloco de apartamentos ou um matadouro surgindo sem permissão."

O casal espera que a permissão seja emitida para que a casa seja salva. Uma página no Facebook criada para angariar apoio já foi curtida por mais de 2.600 pessoas.

"Tudo que eu posso dizer do meu coração é que o que sempre quis foi trazer o nosso filho em um ambiente pacífico e amoroso, onde eu cresci, sem causar impacto no ambiente ou outros seres", postou Haia, agradecendo o apoio.

"Você criou uma casa tão bonita. Boa sorte em sua batalha contra as idiotices do departamento de planejamento", disse uma internauta, na página.

O casal aguarda um parecer do Conselho do Condado de Pembrokeshire.

Fãs usam fantasias na estreia de "O Hobbit"
Veja Álbum de fotos

Tabloide