Bezerra nasce com duas cabeças no interior de Mato Grosso

Jorge Estevão

Do UOL, em Cuiabá

Uma bezerra de quatro dias chama atenção de moradores do município de Comodoro (600 km de Cuiabá). Ela nasceu na última sexta-feira (17) com duplicidade de cabeça, boca, focinho, narinas e olhos. Apesar dessa deformação, o animal passa bem, e a alimentação também é feita de dupla forma: a mãe, apelidada de "tubaína", faz a parte dela, mas é o agricultor Ronaldo Vieira de Paula quem complementa o leite com mamadeiras.

Vieira, que é dono do sítio Água Boa, no assentamento Macuco (22 km da sede do município), até sugeriu o apelido de "Fanta", em homenagem à vaca "tubaína". O sitiante disse que aceita sugestões de vizinhos para dar "nome" à bezerra.

Ao UOL, o repórter Mário Bross, do Portal da Amazônia, diss que esteve no sítio Água Boa e ficou surpreso com a anomalia do animal. De acordo com ele, não há registro no município a respeito de problemas genéticos semelhantes. Um veterinário será chamado para avaliar a bezerra.

A anomalia genética só afetou a cabeça do animal. Dos quatro olhos, apenas um localizado na junção das cabeças funciona normalmente, com tamanho maior que os de bezerros normais. Os outros são orifícios. O dono do sítio trabalha em produção de leite e atualmente ordenha 22 vacas todos os dias.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos