Ricaço propõe para ex-mulher que continue vivendo em casa como empregada

Do UOL, em São Paulo

Um empresário milionário casou-se de novo e pediu para a ex-mulher continuar vivendo em casa como empregada doméstica. O caso ocorreu no Reino Unido. As informações são do jornal "The Telegraph".

O homem, cujo nome não foi divulgado pela Justiça britânica, acabou sendo processado pela ex-mulher e terá de dividir com ela sua fortuna de £13,6 milhões (cerca de R$ 54,5 milhões). A decisão foi tomada pelo juiz David Bodey na última quarta-feira (29).

O milionário afirmou na Justiça que não entendo o que levou a ex-mulher a ficar tão agressiva quando foi informada das novas condições para viver na casa.

O ricaço, que tem cerca de 70 anos, casou-se nos anos 1970 e se divorciou nos anos 1990. No entanto, desde então, ele continuava vivendo com a ex-mulher como se nada tivesse acontecido.

Cinco anos atrás, o empresário começou um relacionamento e convidou a nova mulher e sua filha de 12 anos para viver com ele. Foi então que o milionário fez a proposta para a ex-mulher.

O empresário ameaçou se suicidar caso a ex entrasse na Justiça. Ele argumenta que já havia feito um acordo com ela, no qual teria de dividir muito menos dinheiro. No entanto, ela afirma que o documento foi assinado muito antes da tal proposta.

Na última quarta-feira, o juiz David Bodey decidiu que a ex-mulher tem direito a receber mais de £6 milhões  (R$ 24 milhões). Com esse dinheiro todo, ela nunca mais vai ter de varrer um chão na vida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos