Japão bate recorde com quase 59 mil pessoas centenárias

O Japão conta com cerca de 59 mil pessoas centenárias, 87% delas mulheres, um novo recorde de longevidade em sua população, segundo os dados divulgados nesta sexta-feira (12) pelo Ministério de Saúde, Trabalho e Bem-estar local.

As pessoas de 100 anos ou mais registradas em 1º de setembro no país asiático somam exatos 58.820, 4.423 a mais que na mesma data de 2013, uma proporção de 46,21 para cada 100 mil habitantes.

As mulheres continuam a ser as mais longevas, são mais de 51 mil contabilizadas. A expectativa de vida para elas é de 86,81 anos, e dos homens de 80,61, de acordo com os dados de 2013.

O cálculo de centenários se baseia em uma estimativa realizada a partir dos dados do registro de residentes, para homenagear o próximo dia 15, quando se comemora o Dia do Respeito aos Idosos, festa nacional em um país cuja população é a mais velha do mundo.

A prefeitura de Shimane, no sudoeste do país, tem a densidade mais alta de idosos, com uma proporção de 90,17 para cada 100 mil habitantes, enquanto a de Saitama (no leste) tem a proporção mais baixa, com 26,88.

Entre os centenários está Misao Okawa (Osaka, março de 1898), uma mulher de 116 anos, e Sakari Momoi (Minamisoma, Fukushima, 5 de fevereiro de 1903), um homem de 111 anos, reconhecidos como os mais velhos do mundo pelo 'Guinness, o livro dos Recordes'.

A primeira apuração destas características aconteceu no Japão em 1963, quando foram registrados 153 centenários no país.

Em 1998, o número superou os 10 mil. Em 2007, foram 30 mil e 50 mil idosos foram registrados cinco anos 2012.

O envelhecimento é um dos grandes problemas para o futuro do país, pois se calcula que cerca de 40% da população terá mais de 65 anos em 2060. O aumento do número de idosos apresenta um difícil cenário para o sistema de seguridade social do Japão, a terceira economia mundial, que terá o desafio de garantir a força de seu sistema sanitário e de pensões diante da diminuição da população em idade produtiva.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos