Dinheiro ajuda pessoas a se exercitarem. Mas tem que pagar do jeito certo!

Nicholas Bakalar

Do New York Times

  • iStock

As pessoas vão se exercitar mais se você lhes der dinheiro -- somente, porém, se forem pagas do jeito certo.

Para um estudo de 13 semanas, pesquisadores escolheram ao acaso 281 pessoas em quatro grupos diferentes. A meta de cada uma era dar sete mil passos por dia, registrados em um aplicativo para smartphone.

As pessoas do primeiro grupo recebiam US$ 1,40 (cerca de R$ 5,60) por dia em que a meta era atingida.

No segundo grupo, a recompensa pelo sucesso era participar de um sorteio de US$ 100 (cerca de R$ 403,50).

As pessoas do terceiro grupo recebiam US$ 42 (cerca de R$ 169,40) no primeiro dia do mês, depositados em uma conta bancária online, da qual se deduzia automaticamente US$ 1,40 a cada dia em que a meta não fosse atingida.

Um grupo de controle recebia somente uma avaliação do desempenho. O estudo foi publicado em "Annals of Internal Medicine".

O grupo de controle conquistava a meta em 30 por cento dos casos, já no caso do grupo do sorteio e no do pagamento adiantado, o desempenho estatístico não foi muito melhor, 35 por cento. Já o grupo pago de imediato, que arriscava perder todos os dias, teve sucesso em 45 por cento das vezes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos