Larry, uma lagosta de 110 anos, escapa de virar comida na Flórida

Em Miami

  • Reprodução/Facebook/iRescue Wildlife

    Larry é uma lagosta de 110 anos que quase virou jantar na Flórida (EUA)

    Larry é uma lagosta de 110 anos que quase virou jantar na Flórida (EUA)

Larry, uma lagosta de 110 anos e 6,8 kg, se livrou de virar refeição dos frequentadores do The Tin Fish, restaurante na cidade de Sunrise, na Flórida, depois que um grupo de defesa dos animais pagou US$ 300 pelo animal (quase R$ 1.000).

Em vez de terminar no menu do dia, Larry foi enviado as águas frias do Estado do Maine, no litoral nordeste dos Estados Unidos, onde terá uma segunda oportunidade para viver graças ao grupo iRescue Wildlife e vários empresários do sul da Flórida, informou o canal Local 10.

Reprodução/Facebook/iRescue Wildlife
A lagosta foi capturada e vendida a Joe Melluso, proprietário do Tin Fish, que planejava servi-la esta semana com os correspondentes molhos e guarnições.

Foi então que o iRescue e um grupo de empresários, tendo conhecimento do caso, adquiriram o crustáceo e arcaram com as despesas do envio de "Larry" a seu habitat natural no Maine.

Brooke Estren, que participou do salvamento de Larry, disse ao canal que eles levaram uma toalha umedecida com água salgada e envolveram à lagosta para transportá-la viva até o Maine State Aquarium, que agora decidirá se a libertam no mar ou lhe darão refúgio no aquário.

Acompanhe como foi o resgate:

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos