Casal bósnio celebra a vida encenando o próprio funeral

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Segundo o casal, a única obrigação deles agora é morrer quando a hora chegar

    Segundo o casal, a única obrigação deles agora é morrer quando a hora chegar

O escritor norte-americano Elbert Hubbard dizia que ninguém deveria levar a vida muito a sério, afinal, ninguém vai sair dela vivo. O casal Dragan e Dragica Maric, de 61 e 65 anos respectivamente, concordam com essa ideia.

Eles gostam muito de viver. Curtem tanto que, justamente para celebrar a vida, decidiram "celebrar" o próprio funeral.

O casal "alugou" o cemitério do vilarejo de Pojezdina e convidou seus amigos para o funeral em vida, com direito a discursos e a uns comes e bebes.

O bom da celebração é que, no fim, foi todo mundo para um restaurante dançar e cantar.

Segundo Dragan, a ideia do funeral surgiu porque o casal não tem filhos e imaginou que, por isso, ninguém organizaria um enterro decente após a morte.

"Nossa única obrigação agora é morrer quando a hora chegar. E isso vai ser apenas uma formalidade", disse à agência Associated Press. Então tá. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos