Essa é boa: Coreia do Norte proíbe ironia e sarcasmo

Do UOL, em São Paulo

  • KCNA/ AFP

    Não ouse criticar o regime de Kim Jong-un lá na Coreia do Norte

    Não ouse criticar o regime de Kim Jong-un lá na Coreia do Norte

A Coreia do Norte proibiu as pessoas de fazerem comentários sarcásticos sobre o regime totalitário de Kim Jong-un em suas conversas diárias.

Segundo o jornal britânico "Independent", mesmo a crítica indireta foi banida, de acordo com a mídia asiática.

A população foi alertada contra criticar o Estado em uma série de encontros liderados por funcionários em todo o país.

"O principal ponto da palestra foi: 'mantenham suas bocas fechadas'", disse uma fonte na província de Jagang a uma rádio.

Os oficiais disseram às pessoas que expressões sarcásticas como "É tudo culpa dos EUA" seriam encaradas como uma crítica inaceitável ao regime.

A imprensa local tem relatado um aumento de atos públicos de dissidência no país nos últimos tempos. Grafites ridicularizando o governo e seu líder também têm aparecido nas últimas semanas.

A Coreia do Norte tem feito vários testes de armas recentemente, essas exibições de força servem para mostrar aos países em desenvolvimento sua capacidade nuclear.

Ditador da Coreia do Norte expulsa jornalistas

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos