PUBLICIDADE
Topo

Tabloide

Sacerdote pagão tem permissão de usar chifres em foto de seu RG

Cada louco com a sua crença, não é mesmo? - Reprodução/CBS
Cada louco com a sua crença, não é mesmo? Imagem: Reprodução/CBS

Do UOL, em São Paulo

21/12/2016 12h48

O americano Phelan MoonSong usa chifres. Mais do que isso, ele afirma que as "protuberâncias" na sua cabeça fazem parte de uma vestimenta religiosa.

O sujeito, que é sacerdote de uma religião pagã, afirma que seus chifres são tão importantes que lutou para conseguir uma autorização para usá-los na fotografia estampada em seu documento de identidade.

O problema é que o Estado do Maine, onde mora, não gostou muito da ideia. Por mais que MoonSong tenha feito um requerimento formal em agosto para usar seu chifre no RG, o governo rejeitou a ideia no mês assado.

O sacerdote tinha pressa em obter seu documento já que, segundo ele, "no mundo de hoje, não dá para fazer muitas coisas sem o RG."

MoonSong já não tem habilitação de motorista porque não pode dirigir devido a um problema de saúde e precisava tirar um novo RG já que mudou legalmente seu nome também por motivos religiosos.

Apesar da negativa do Estado do Maine, MoonSong continuou com sua luta e insistiu no caso mais uma vez. Agora, por uma razão que nem ele mesmo consegue explicar, conseguiu a autorização para usar o chifre na foto. O RG chegou na semana passada. 

MoonSong usa os chifres quando está em público e afirma que o ornamento é uma espécie de antena espiritual.

"Algumas pessoas me perguntam se eu adoro o diabo, mas essas são as chances que tenho de explicar minha crença. Eu nem mesmo acredito no diabo", disse ao site Inside Edition

Tabloide