Homem é enterrado com US$ 55 mil para agradar a Deus no "julgamento final"

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

Um homem instruiu a mulher a enterrá-lo com US$ 55 mil (cerca de R$ 172 mil) para que ele possa agradar a Deus na hora do "julgamento final". A informação é do site Africa News.

Charles Obong, de Uganda, morreu em dezembro. Ele foi enterrado em um caixão metálico, junto de parentes, no norte do país. No entanto, o sujeito deixou uma instrução para que sua mulher depositasse a dinheirama junto com seus restos mortais.

A ideia de Obong é poder pagar Deus para que seus pecados sejam perdoados. Ele só não contou quais pecados eram esses. Obongo foi funcionário do ministério do Serviço Público de Uganda por dez anos.

A mulher de Obong até cumpriu o desejo do marido. O problema é que familiares pegaram o dinheiro quando o corpo foi exumado neste mês. Pelo jeito, melhor do que tentar comprar a vaga no céu é garantir uma boa vida aqui na Terra mesmo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos