Homem publica próprio obituário e faz "funeral" para "celebrar a vida", mas acaba morrendo no dia seguinte

Do UOL, em São Paulo

  • Linkedin/Reprodução

No último sábado (18), dezenas de pessoas compareceram ao "funeral" do advogado Bob Eleveld, em um clube de golfe na região de Grand Rapids, no Estado do Michigan. Mas, Eleveld estava vivo. O "velório" era, na verdade, uma grande festa para celebrar a vida do americano que andava muito doente. Tanto que, no dia seguinte, ele morreu, vítima de um câncer.  

O advogado, inclusive, no último dia 12 de março havia publicado seu próprio obituário no jornal "The Grand Rapids Press". No texto, Eleveld convidou os amigos para a grande festa.

"Enquanto escrevo este texto, ainda estou com você, embora meus médicos me informaram que isso mudará em um futuro próximo. Decidi, entretanto, evitar o processo normal de celebrar minha vida depois que eu morrer e, em vez disso, gostaria de celebrar suas vidas comigo", escreveu.

"The Grand Rapids Press"/Reprodução
O falso obituário de Bob Eleveld

A festa, no último sábado, foi bastante animada, regada de camarões e bebidas chiques. Eleveld, no entanto, não pode participar, pois já estava muito doente. Mesmo assim, ele fez questão de escrever mensagens que foram distribuídas aos amigos e parentes.

"Muito antes de ter câncer, ele dizia, 'Não façam um funeral para mim. Façam uma festa'", disse sua filha Kerry Eleveld à TV WLNS-TV. Ela contou após o evento que o pai "espalhou amor" por todos os cantos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos