Homem esquece que vendeu o carro quando estava bêbado e procura a polícia

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Google Street View

    O homem foi até a delegacia registrar um boletim de ocorrência do furto do veículo que ele mesmo havia vendido

    O homem foi até a delegacia registrar um boletim de ocorrência do furto do veículo que ele mesmo havia vendido

Se for beber, não dirija. E, se já estiver bêbado, não venda seu carro, pois há o risco de você não se lembrar disso quando estiver sóbrio. Foi exatamente o que aconteceu com um homem na Nova Zelândia.

Segundo o jornal "New Zealand Herald", o sujeito bebeu demais e vendeu o carro para comprar ainda mais álcool. No dia seguinte, assustado com a falta do veículo, o homem foi até a delegacia da cidade de Rotorua registrar um boletim de ocorrência do furto do automóvel.

De acordo com o sargento Dennis Murphy, o carro, na verdade, foi vendido por 800 dólares neo-zelandeses (cerca de R$ 1.800). Por ter ficado muito bêbado, o sujeito simplesmente se esqueceu da 'transação'.

"Ainda bem que o comprador do veículo fez o registro no dia seguinte em um site, pois temia que o carro fosse fruto de roubo", afirmou Murphy ao "New Zealand Herald".

O comprador foi chamado à delegacia, contou o que ocorreu e foi orientado a discutir com o vendedor a melhor forma de resolver o assunto. Não se sabe, no fim, quem ficou com o carro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos