Goleiro sósia de Dida é preso com cocaína

Da Redação
Em São Paulo

O goleiro reserva do Galo Mineiro, Edmar Gomes Rodrigues, 20, que é a cara do também arqueiro Dida, foi em cana na madrugada de domingo sob a acusação de porte de cocaína.

Edmar, que é conhecido pelo apelido de Dida, foi parar na Delegacia Seccional Centro-Sul e foi interrogado pelo delegado Mílton de Fátima. Foi solto logo em seguida.

A quantidade da marofa que estava com ele não foi divulgada pela polícia. Dida é considerado uma das promessas do Galo, mas sempre deu trabalho fora de campo. Ele curte uma boemia, e isso acaba atrapalhando seu desempenho nos treinos. No ano passado, ele chegou a ser multado porque gazeou um treino.

A diretoria do Galo afirmou que vai esperar o resultado do inquérito policial e os resultados dos exames laboratoriais. Mas o boato no clube é que Dida deverá levar um chute logo logo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos