Ex-policial que dirigiu pelado continuará preso

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/

    A Justiça é cega, mas a polícia, não. FOM

    A Justiça é cega, mas a polícia, não. FOM

A Corte de Apelações de Leeds (Reino Unido) negou ontem (18) o pedido de soltura de um ex-policial condenado a seis meses de prisão. Ele está há cerca de um mês na cadeia.

Em abril do ano passado, Andrew Easterby, 30, foi flagrado fugindo da polícia de trânsito. O motivo da fuga? Ele estava pelado! Mas há mais: em sua rota de escape, Andrew dirigiu na contramão por algumas quadras de mão única e com as luzes apagadas. Na investigação, Andrew revelou que estava nu porque procurava um lugar para fazer sexo com sua namorada, no carro com ele.

À Justiça, o ex-policial alegou que fugiu por se sentir constrangido de ser parado por policiais que o conheciam. Ele também disse que, por ser policial, sua vida na cadeia está mais difícil que a dos outros presos, e que alguns presos hostis a ele puseram lâminas em sua comida. 

Nada disso fez o juiz amolecer. Por ora, o ex-policial continuará despido de seu direito de ir e vir. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos