Topo

Descobrimos o emprego mais fofo do mundo: babá de pandas na China

AP
No emprego mais fofo do mundo, é provável que o funcionário tenha de se fantasiar de panda. Faz parte... Imagem: AP

Do UOL, em São Paulo

2014-05-24T06:00:00

24/05/2014 06h00

A vaga de “babá de panda” tem sido comparada pelos seus recrutadores ao “melhor emprego do mundo”  --o de zelador de uma ilha paradisíaca na Grande Barreira de Coral na Austrália. Mas, ao contrário da oferta australiana, o empregado não fica isolado durante o período de trabalho. Como babá, ele terá a companhia de pandas fofos (bota fofura nisso!) por 365 dias ininterruptos. Óin!

Se você quer se candidatar ao emprego “mais fofo do mundo” (e relativamente bem pago), saiba que é preciso ter alguns pré-requisitos básicos. Afinal, ser babá de pandas não é para qualquer um: menos de 2.500 animais da espécie vivem no mundo.

Segundo o “China Daily”, o Centro de Pesquisa e Proteção dos Pandas Gigantes da cidade de Ya'na, na província chinesa de Sichuan, recruta pessoas apenas com 22 anos ou mais. Elas devem ter boas habilidades na escrita e na fotografia, além (é claro) de conhecimentos básicos sobre os pandas.

O centro paga um salário polpudo de cerca de 200 mil yuans por ano (R$ 71 mil/ano ou cerca de R$ 5.900/mês) para uma “babá de panda”. A “babá de panda” também poderá dirigir um SUV (veículo utilitário esportivo, também conhecido como carro grande, bonitão e possante) e terá alimentação e moradia gratuitas.

Os pandas são tão fofos que tem gente até que dispensa pagamento para ficar perto deles (lógico que não, é para salvar a espécie). Cerca de 80% dos trabalhadores do centro são voluntários --a maioria deles do Japão, Europa e Estados Unidos.

Ficou interessado em ser babá de panda? Se você já está com o mandarim em dia, pode se candidatar à vaga no site http://fun.sohu.com/. Mas se você curte mais um bronzeado, fica a dica da vaga de zelador na Grande Barreira de Corais.

Ah, um bônus para quem curte fofura (tão clássico que até virou filme):