Mulher agradece polícia por multar marido que não usava cinto de segurança

Do UOL, em São Paulo

Uma mulher mandou uma carta de agradecimento ao departamento de polícia de Georgetown, no Estado de Delaware, nos Estados Unidos, por ter multado seu marido por não usar cinto de segurança em janeiro. Para ela, se não fosse por isso, ele teria morrido em um acidente ocorrido um mês depois.

"Obrigada, policial Quillen por multar meu marido por não usar cinto de segurança há um mês", escreveu Michele Warch em uma mensagem privada do Facebook para o departamento de polícia. "Eu acredito que isso salvou sua vida. Estamos casados há 27 anos e criando dois de nossos netos. Eu preciso dele."

O departamento de polícia de Georgetown divulgou a carta. O acidente envolvendo o marido de Michele, David Warch, ocorreu no último dia 21 de fevereiro. Ele dirigia sua Dodge Ram quando um carro o atingiu em cheio. Os dois veículos ficaram totalmente destruídos.

Warch ficou levemente ferido graças ao uso do cinto de segurança. Ele foi levado a um hospital, mas nem ficou internado. Cerca de um mês antes do acidente, o motorista foi multado por dirigir com o cinto preso a um braço. Como não gostou nada de ter de pagar US$ 94, ele começou a usar o cinto de segurança corretamente.

Segundo Michele, a ideia de agradecer a polícia partiu do próprio Warch que, ainda na cena do acidente, ouviu de um guarda que poderia ter fraturado as costelas caso não estivesse usando o cinto.

O policial Joey Melvin, porta-voz do departamento de polícia de Georgetown, contou ao jornal "The Daily Times", que geralmente recebem feedbacks bem negativos depois de multarem alguém. "Recebemos muitas mensagens da população, mas desse tipo é bem rara", comentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos