Cão que ninguém queria adotar se torna o 1º pit bull policial de Ohio

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/ WTOL 11

    Leonard queria tudo aquilo que as pessoas pegavam

    Leonard queria tudo aquilo que as pessoas pegavam

Quando foi resgatado em outubro, Leonard, um pit bull de um ano, foi rotulado com um "cão problemático". Ele tinha espírito de caça e queria tudo aquilo que as pessoas ao redor dele pegavam.

Normalmente, um cachorro assim viveria um tempo em um abrigo e, se notassem que nunca seria adotado, seria sacrificado.

Jim Alloway, diretor do abrigo em Marysville, Ohio (EUA), treinou cães policiais por 20 anos e viu potencial em Leonard.

"Se você joga uma bola na mata e o cachorro não vê onde ela foi parar, das duas uma, ou ele fica lá até encontrar ou desiste. Leonard fica até você ter de arrastá-lo de volta para casa", disse Alloway à CBS News.

Esse foco fez do cão um candidato perfeito para entrar para a polícia. Alloway entrou em contato com Mike Pennington, dono de um local de treinamento de cachorros policiais. Leonard passou por treinamento intenso e na última terça-feira (23) se tornou o primeiro pit bull policial do Estado de Ohio.

O "detetive Leonard" vai trabalhar no departamento de narcóticos na guerra contra as drogas em Ohio. Para Alloway, a história do pit bull mostra que você nunca pode desistir de um cachorro.

"Às vezes, o melhor para um cão é encontrar uma casa tradicional, com duas crianças e um gramado cercado. E às vezes isso não é o melhor para ele", explicou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos