Pastor alemão é expulso da polícia australiana por ser muito bonzinho

Colaboração para o UOL

  • Divulgação

A vida como policial não é nada fácil, ainda mais se você não atende os "requisitos" necessários. E foi assim para Gavel. O cachorro foi expulso da polícia de Queensland, na Austrália, por ser 'amigável' demais para o cargo de segurança.

O pastor alemão chegou à casa do governo local com menos de um ano de idade e foi colocado no treinamento para ser parte da polícia, mas não levou jeito para ser "durão". Brincalhão e carinhoso, o cão foi o único "demitido" da corporação.

Divulgação

"Ele não tinha a aptidão necessária para a vida na linha de frente. Gavel provou ser muito sociável", disse um porta-voz do governo em entrevista reproduzida pelo site do jornal "Mirror".

Mas não pense que ele foi esquecido. Hoje mais velho, Gavel encontrou uma nova função em fevereiro deste ano: cão oficial. Agora, o pastor alemão mostra toda sua habilidade recebendo grupos turísticos e acompanhando o governador em cerimônias formais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos