PUBLICIDADE
Topo

Tabloide

Professor substituto mostra imagens pornográficas sem querer para alunos de escola nos EUA

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

24/10/2017 13h06

Um professor substituto está proibido de dar aulas nas escolas públicas do distrito de Saginaw, no estado americano do Michigan, depois de, acidentalmente, ter mostrado imagens pornográficas que estavam em seu computador na lousa eletrônica de uma sala de aula.

O incidente ocorreu no último dia 18 de outubro na escola Loomis Academy. Segundo as autoridades, um estudante denunciou o ocorrido. O professor foi imediatamente retirado da sala e, até mesmo, a polícia foi chamada.

Uma carta foi enviada à diretora da escola dizendo que os estudantes "foram expostos a materiais que não estão de acordo com as políticas escolares e os procedimentos aceitáveis para o uso da internet".

De acordo com a polícia, o professor mostrou, sem querer, imagens que estavam em seu laptop pessoal. Entre o material impróprio estava um vídeo de uma mulher dançando e outro de um casal fazendo sexo.

Ainda segundo a polícia, não havia imagens de pornografia infantil. Além de ter sido suspenso do emprego, o professor deve receber uma multa. Ele não teve o nome divulgado.

Tabloide