Mulher mata marido e faz amante passar por plástica para assumir lugar dele

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/BBC

    Swati Reddy (direita) e o marido assassinado, Sudhakar

    Swati Reddy (direita) e o marido assassinado, Sudhakar

Uma mulher está sendo acusada, na Índia, de ter assassinado o marido e tramado um plano para que o amante passasse por uma cirurgia plástica com o objetivo de assumir a identidade do morto.

A trama é digna de roteiro de filme. No dia 26 de novembro, o marido de Swati Reddi, Sudhakar Reddy, foi assassinado. Seu corpo está desaparecido até agora. Dois dias depois, o amante da mulher, Rajesh Ajjakolu, deu entrada em um hospital com feridas no rosto.

Swati, no entanto, alegou que se tratava de Sudhakar e informou à família do marido que ele havia sido atacado com ácido por um desconhecido.

Incialmente, a família de Sudhakar acreditou no caso e pagou pela cirurgia plástica no rosto do homem.

O caso só foi desmascarado no dia 9 de dezembro, quando o irmão de Sudhakar o visitou no hospital e suspeitou que o homem era um impostor.

A polícia, então, fez testes de digitais e comprovou que quem estava internado era, na verdade, Ajjakolu.

O casal de amantes foi preso e Swati confessou ter assassinado o marido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos