Justiça barra candidatura de burro para deputado federal no Equador

Do UOL, em São Paulo

O burro Mr. Donkey teve sua candidatura para deputado federal negada pela Justiça do Equador. Mesmo usando uma gravata no pescoço, o animal sequer foi recebido pelas autoridades eleitorais de Guayaquil.

Cerca de 40 pessoas --usando camisetas com a foto e o nome do burro, jogando confetes e tocando bateria-- levaram o burro até o conselho eleitoral para que ele pudesse concorrer nas eleições que acontecerão em fevereiro de 2013. O prazo para registro de candidaturas terminou na quinta-feira (15).
 
Segundo Daniel Molina, líder do grupo, o objetivo de Mr. Donkey --ou Don Burro-- concorrer é sensibilizar os eleitores sobre a seriedade das eleições e da responsabilidade de escolher um candidato, sem intenção de prejudicar políticos e partidos.
 
Mesmo sem ser candidato, o Twitter do burro (@DonBurroReal) já tem mais de 20.000 seguidores.
 
As informações são da AP publicada no site do jornal "Washigton Post".
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos