Após gafe com vencedora, Trump alfineta organização do Miss Universo

Do UOL, em São Paulo

O pré-candidato republicano à Presidência dos EUA Donald Trump, intenso utilizador da rede social Twitter, alfinetou nesta segunda-feira (21) os organizadores do concurso Miss Universo 2015, que o empresário norte-americano vendeu há poucos meses para a agência WME/IMG.

"Muito triste o que aconteceu ontem à noite no concurso Miss Universo. Eu o vendi há seis meses por um preço recorde. Isto nunca teria acontecido!", diz uma postagem de Trump.

Neste domingo (20), a 64ª edição do Miss Universo foi realizada em Las Vegas (EUA), pela primeira vez sob o comando da IMG.

Uma terrível gafe foi cometida pelo apresentador Steve Harvey no momento em que foi anunciada a vencedora. Harvey chamou como a grande escolhida da noite a Miss Colômbia, Ariadna Gutiérrez, que chegou a ser coroada, e minutos depois ele se corrigiu no palco: a colombiana era, na verdade, a segunda colocada. A Miss Universo 2015 era a candidata das Filipinas, Pia Alonzo Wurtzbach.

Antes de dar sua alfinetada, Trump tinha elogiado a organização do evento e chamou seus seguidores a acompanharem a transmissão do concurso.

"As 3 finalistas do Miss Universo no ar agora. Ótimas pessoas, ótima nova dona @IMG. Assistam", disse na rede social. 

O anúncio da comercialização do Miss Universo foi feito em setembro de 2015, e o negócio incluiu também os concursos Miss USA e Miss Teen USA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos