Topo

Operação Lava Jato


STJ liberta Sérgio Côrtes, ex-secretário de Cabral preso na Lava Jato no RJ

Fábio Motta/Estadão Conteúdo
O ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro Sérgio Côrtes é preso pela PF em 2017 Imagem: Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Igor Mello

Do UOL, no Rio

2019-04-24T19:59:48

24/04/2019 19h59

Sérgio Côrtes, ex-secretário de Saúde do Rio durante a gestão Sérgio Cabral e um dos principais alvos da Força-Tarefa da Lava Jato no Rio, deixou a prisão hoje à noite.

Ontem, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus, em decisão votada por unanimidade pela sexta turma.

Côrtes estava preso no presídio de Bangu 8, que recebe presos da Lava Jato no Rio. Os ministros Nefi Cordeiro, Laurita Vaz e Sebastião Reis Júnior acompanharam o voto do relator Rogerio Schietti Cruz durante sessão realizada ontem. O ministro Antonio Saldanha Palheiro se declarou impedido.

Esta é a segunda vez que Côrtes recebe liberação por decisões de tribunais superiores. O ex-secretário foi preso pela primeira vez em abril de 2017, na Operação Fatura Exposta - fase da Lava Jato do Rio que investigou um esquema de corrupção no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), que foi comandado por ele.

O ex-secretário de Cabral foi solto em fevereiro de 2018 por decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mas voltou para a cadeia em agosto, na Operação SOS, também realizada pela Força-Tarefa da Lava Jato.

Mais Operação Lava Jato