Topo

CarnaUOL

Ricky Hiraoka


Após polêmica sobre racismo em festa, Baile da Vogue é adiado

Reprodução/Instagram.com/liciafabiolf
Festa de Donata Meirelles Imagem: Reprodução/Instagram.com/liciafabiolf
Ricky Hiraoka

Formado em jornalismo pela USP e pós-graduado em roteiro pela FAAP, Ricky Hiraoka foi colunista social na revista VEJA SÃO PAULO e na L'Officiel, colaborador de títulos como Glamour, Estilo e Boa Forma e apresentador da TV Marie Claire. Como roteirista, escreveu as séries Z4 (SBT/Disney), Eu, Ela e Um Milhão de Seguidores (Multishow), alem do reality show Fábrica de Casamentos (SBT/Discovery) e o humorístico Ceará Fora da Casinha (Multishow).

2019-02-15T13:28:18

15/02/2019 13h28

O imbróglio da festa de 50 anos de Donata Meirelles, ocorrida no último fim de semana em Salvador, teve um novo desdobramento. Após a socialite pedir demissão do cargo de diretora de moda da Vogue por conta das acusações de racismo, a revista optou por adiar a 15° edição do Baile da Vogue, que aconteceria no dia 21 de fevereiro no Hotel Unique.

"Com o objetivo de transformar o Baile de Gala da Vogue numa plataforma de inclusão no universo da moda, a Vogue entende que precisa de tempo hábil para implementar ações importantes e garantir que o baile seja efetivamente um marco deste novo momento. Por conta disso, o baile será transferido para 23 de março, um sábado, num momento mais apropriado e fechando em grande estilo as festividades de Carnaval com apoio dos patrocinadores", informou a revista.

Uma das razões de promover a festa em uma nova data é que os os patrocinadores do Baile da Vogue não estariam confortáveis em associar suas marcas ao nome da publicação nesse momento em que a revista está sendo alvo de críticas.

Donata comemorou seu aniversário de 50 anos no Palácio da Aclamação, em Salvador e foi acusada por internautas e artistas de racista por usar mulheres negras como "decoração" do evento. Diante de toda a repercussão, ela pediu demissão da revista.

Por meio de carta enviada a amigos mais próximos, Donata afirmou estar deixando a empresa "com tristeza no coração, mas com coragem e cabeça erguida".