Topo

SP teve o segundo mês de junho mais chuvoso dos últimos 18 anos

Camila Maciel

Da Agência Brasil, em São Paulo

2013-07-01T15:47:17

01/07/2013 15h47

A capital paulista teve o segundo mês de junho mais chuvoso dos últimos 18 anos, segundo dados do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências). Foram acumulados 134,6 mm (milímetros) de chuva, 210% acima da média esperada para o mês, que é 43,4 mm.

Esse volume só perde para junho do ano passado, quando foram registrados 191,4 mm. A série histórica do órgão teve início em 1995.

As áreas de instabilidade vindas do Paraná, que deixaram o tempo chuvoso em São Paulo, ainda estão provocando precipitações nesta segunda-feira (1º). Entre a meia-noite e às 7 horas, foram contabilizados 9,6 mm, o que é considerado normal para o período. Essas áreas, no entanto, já começam a se afastar e uma massa de ar polar se aproxima, levando ao declínio das temperaturas.

A terça-feira (2) deverá começar com nebulosidade e ainda há possibilidade de chuva no decorrer do dia. A previsão é que as temperaturas variem entre 13 graus Celsius e 19 graus Celsius. O CGE alerta que há risco de alagamentos e deslizamentos de terra, devido ao solo encharcado. Na quarta-feira (3), a expectativa é o sol retornar entre nuvens, com temperaturas variando entre 12ºC e 23ºC.

Os meteorologistas do CGE apontam que chuvas menos intensas são comuns nesta época do ano e, normalmente, são provocadas pela entrada de frentes frias.

No mês de junho, elas causaram muitas horas de precipitações intermitentes, especialmente entre os dias 24 e 26. Somente nesses três dias, foram 80,33 mm, o que equivale a 85% da média mensal. Julho, no entanto, deve ser um mês com mais cara de inverno, com tempo seco e baixas temperaturas.

Mais Meio Ambiente