Topo

Desmatamento na Amazônia sobe 35% em um ano, diz governo

Do UOL, em São Paulo

2013-09-10T18:22:57

10/09/2013 18h22

O acumulado da perda de floresta na Amazônia entre agosto de 2012 e julho de 2013 subiu pela primeira vez em cinco anos - 34,84% superior à taxa do período anterior. O total das áreas desmatadas ou degradadas em agosto de 2013 foi de 289 km², mais que julho (217 km²) e junho (210 km²). Em agosto de 2012, o índice foi de 522.34 km².

O número se baseia na análise amostral realizada pelo sistema Deter, do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a partir de alertas de corte raso e de degradação, que são influenciados pela quantidade de nuvens sobre os Estados.

De agosto de 2012 a julho de 2013, houve uma perda de 2.765,62 km² de floresta, contra 2.050,97 km² entre agosto de 2011 e julho de 2012. O mês mais grave foi maio, quando houve perda de 464,96 km². Após o pico, medidas de comando e controle se intensificaram, entretanto, no total, o ano acumulou alta pela primeira vez desde 2008. Nos últimos anos o Brasil vem registrando recordes de queda no desmatamento.

Mais Meio Ambiente