Topo

Pesticidas reduzem em até 42% a diversidade de insetos nos rios

Do UOL, em São Paulo

2013-06-18T13:29:10

18/06/2013 13h29

Pesticidas usados para proteger os cultivos no mundo estão reduzindo a população de animais invertebrados, mostra estudo publicado na PNAS, a revista da Academia de Ciências dos Estados Unidos, nesta segunda-feira (17).

Para descobrir os efeitos desses agentes químicos na diversidade de insetos, os pesquisadores analisaram três diferentes regiões: Hildesheimer Boerde, próxima à cidade de Braunschweig, no Norte da Alemanha; no Estado de Vitória, ao Sul da Austrália; e Bretanha, no Noroeste da França.

O grupo comparou a biodiversidade em locais não contaminados e altamente contaminados e constatou perdas consideráveis de insetos aquáticos e outros seres invertebrados de água doce. Na Europa, a diversidade regional de invertebrados que vivem em rios e córregos caiu 42%, e a queda na Austrália foi de 27%.

Segundo Mikhail Beketov e Matthias Liess, do Centro de Pesquisa Ambiental de Leipzig, na Alemanha, a diminuição da riqueza de espécies nessas áreas deve-se ao desaparecimento de moscas-de-água, libélulas e outros insetos suscetíveis aos pesticidas que vão parar nos rios.

A dupla lembra que o sumiço de insetos afeta diretamente a biodiversidade global, pois eles são alimentos de peixes e aves de cada região, além de serem indicadores da qualidade de água.

Mais Meio Ambiente