Europa alcança acordo para limitar sobrepesca

Em Bruxelas

Os países da UE (União Europeia) e o Parlamento Europeu alcançaram um acordo na madrugada desta quinta-feira  (30) sobre os principais pontos da reforma da Política Pesqueira Comum, conhecida pela sigla PPC, e para evitar a sobrepesca a partir de 2014.

Após meses de difíceis negociações, a Comissão Europeia, o Conselho Europeu e a Eurocâmara alcançaram um compromisso para limitar de maneira progressiva de 7% a 5% os descartes, como se denomina a prática de devolver ao mar a pesca de escasso valor comercial.

Sobrepesca elimina predadores

  • Prática ajuda a proliferar medusas no mar

O Parlamento, que buscava uma proibição total desta prática, finalmente aceitou a proposta dos países membros da UE.

Vários países europeus, liderados por França e Espanha, aceitaram reduzir de 7% para 5% os descartes, para, desta maneira, garantir um acordo na Eurocâmara.

"Estou muito satisfeito por termos acordado uma política que é realista, prática e que se baseia na sustentabilidade. É uma política que assegurará uma indústria vital, saudável e vibrante no futuro", considerou o ministro irlandês da Pesca, Simon Coveney, cujo país assume a presidência rotativa da UE.

Os grupos ecologistas saudaram o acordo. O grupo Oceana comemorou o compromisso, que "restabelecerá a saúde" de nossos mares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos